O Estribo De Prata

Código: 478939 Marca:
R$ 54,90
ou R$ 52,16 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
  • R$ 52,16 Pix
  • R$ 54,90 Pagali Cartão
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.


A única edição autorizada pelo Instituto Graciliano Ramos, onde parte dos direitos autorais são direcionados a ONG Inoccence Brasil. O alagoano Graciliano Ramos é um dos maiores ícones da literatura nacional. Um dos mais talentosos escritores e cronistas de nossa realidade. Seu clássico, Vidas secas, ainda hoje um dos mais vendidos, adaptados e aclamados romances brasileiros. Mas poucos associam suas obras às crianças. Mas agora os pequenos vão ter a chance de conferir seu imenso talento.


Um dos textos de Histórias de Alexandre, O estribo de prata, ganha cor e ainda mais dramaticidade no traço de Simone Matias. Nesta primeira edição ilustrada de um livro do autor, o ‘causo’ narrado por Alexandre, meio caçador, meio vaqueiro, alto, magro e já velho, tem todo o peso de um nordeste anterior ao rádio e à televisão. A poesia e o lirismo de sua tradição oral. Com a ajuda da esposa, a rendeira dona Cesárea, e de Firmino, o cego mais desconfiado do sertão, ele exagera em um ou outro detalhe. Mas sempre inspirado no folclore local. Como este, da cascavel gigante, a mais velha das serpentes que já rastejou sob o sol alagoano, e do estribo de prata. Uma história lindamente ilustrada e surpreendente até o final.


Sobre o autor(a)

Ramos, Graciliano

Graciliano Ramos nasceu em 1892, em Quebrangulo-AL. Viveu em cidades de Pernambuco e Alagoas, e chegou a ser prefeito do município de Palmeira dos Índios, até fixar-se em Maceió e, depois, no Rio de Janeiro. Trabalhou como diretor da Imprensa Oficial de Alagoas, revisor e jornalista, além de ter assumido cargos em órgãos estaduais de educação. Graciliano começou a escrever para periódicos cedo, mas seu primeiro livro, Caetés, foi publicado apenas em 1933, oito anos após esboçar as primeiras linhas do romance. A partir daí, não parou mais: publicou dez livros em vida e teve mais nove lançados postumamente. Um dos principais nomes da chamada Geração de 30, Graciliano — que inclusive foi preso por conta de divergências políticas com o Governo Vargas — soube penetrar fundo o caráter humano para construir seus personagens, sem deixar de evidenciar, como poucos, a estrutura social marcadamente desigual do Brasil. Morreu no Rio de Janeiro, em 1953, em decorrência de um câncer no pulmão.
ISBN 9788501098153
Autor(a) Ramos, Graciliano (Autor)
Editora Galera Record
Idioma Português
Edição 1
Ano de edição 2012
Páginas 24
Acabamento Brochura
Dimensões 28,00 X 21,00

Produtos relacionados

R$ 54,90
ou R$ 52,16 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

LIDF LIVRARIA INTERNACIONAL DO DISTRITO FEDERAL - CNPJ: 19.294.574/0001-48 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade