O Arame De Alexandre

Código: 446616 Marca:
R$ 53,00
ou R$ 50,35 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
  • R$ 50,35 Pix
  • R$ 53,00 Pagali Cartão
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
Com fios de arame, chapas metálicas e um punhado de cores, Alexander Calder (1898-1976) construiu uma obra que revolucionou a escultura moderna. Com texto e ilustrações do premiado autor holandês Sieb Posthuma, O arame de Alexandre, livremente inspirado em sua vida e seus trabalhos, aproxima o leitor das descobertas desse artista genial, mostrando que a invenção de novas formas não surge do nada, mas está sempre ligada a um fazer. O livro será lançado no Café Amsterdã, festival organizado em São Paulo e Rio de Janeiro pela Fundação Holandesa das Letras, entre 26 de agosto e 3 de setembro de 2015
Sobre os autores(as)

Posthuma, Sieb

Sieb Posthuma nasceu em Roterdã, na Holanda, em 1960. Estudou design e artes plásticas na Academia Gerrit Rietveld, em Amsterdã, e a partir de 1987 passou a atuar como ilustrador para jornais e revistas. Fez filmes de animação para a versão holandesa de Vila Sésamo e cartazes para a Anistia Internacional. Em 2001 escreveu seu primeiro livro infantil, Rintje, sobre sua fox terrier, dando início à série que viraria uma peça de teatro de sua autoria e um desenho animado para a televisão holandesa. Recebeu o prêmio Pincel de Ouro pelas ilustrações dos livros Numa tília verde tinha um galo grande e gordo (uma coleção de fábulas, 2009) e Uma lagoa cheia de tinta (de Annie Schmidt, 2012). Trabalhou com a princesa holandesa Laurentien em uma série de livros chamada Mr. Finney, que inspirou uma ópera e um musical, e ilustrou textos de Ted van Lieshout e de Marjet Huiberts, como Aadje, o pequeno pirata. Por ocasião de uma exposição sobre Alexander Calder no Gemeentemuseum de Haia, em 2012, criou o livro O arame de Alexandre, e em 2013, quando da coroação do rei Willem-Alexander, ilustrou O que você faria se você fosse rei?, com texto de Francine Oomen. Em setembro de 2013, o Museu de Literatura de Haia abriu uma exposição sobre a obra de Sieb Posthuma e foi lançada uma biografia sobre o artista, escrita por Joukje Akveld. Faleceu em 3 de agosto de 2014, em Amsterdã, aos 54 anos.

Simone, Lucas

Lucas Simone nasceu em São Paulo, em 1983. É formado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2011), com doutorado em Letras pelo Programa de Literatura e Cultura Russa da FFLCH-USP (2019). Publicou, entre outras, as seguintes traduções: Pequeno-burgueses (Hedra, 2010) e A velha Izerguil e outros contos (Hedra, 2010), de Maksim Górki; A aldeia de Stepántchikovo e seus habitantes (Editora 34, 2012) e Memórias do subsolo (Hedra, 2013), de Fiódor Dostoiévski; O artista da pá, de Varlam Chalámov (Editora 34, 2016); O fim do homem soviético, de Svetlana Aleksiévitch (Companhia das Letras, 2016); Diário de Kóstia Riábtsev, de Nikolai Ognióv (Editora 34, 2017); O ano nu, de Boris Pilniák (Editora 34, 2017); e A morte de Ivan Ilitch, de Lev Tolstói (Antofágica, 2020).
ISBN 9788573266023
Autores Posthuma, Sieb (Autor) ; Simone, Lucas (Tradutor)
Editora 34
Idioma Português
Edição 1
Ano de edição 2015
Páginas 32
Acabamento Brochura
Dimensões 18,00 X 21,00

Produtos relacionados

R$ 53,00
ou R$ 50,35 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

LIDF LIVRARIA INTERNACIONAL DO DISTRITO FEDERAL - CNPJ: 19.294.574/0001-48 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade