Curar O Ressentimento O Mal Da Amargura Individual, Coletiva E Política

Código: 537263 Marca:
R$ 78,00
ou R$ 74,10 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
  • R$ 74,10 Pix
  • R$ 78,00 Pagali Cartão
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Mais de 110 mil exemplares vendidos na França.



A psicanálise e a filosofia política compartilham uma questão essencial na vida dos indivíduos e das sociedades: o ressentimento, esse descontentamento perene que perverte suas existências. Uma rápida análise do contexto atual – das redes sociais às novas forças políticas que emergem em todo o mundo – comprova a tese de que essa pulsão ressentida que se transfigura e cristaliza em ódios se impõe como principal ameaça à democracia. Trata-se, portanto, de olharmos para o ressentimento não apenas como um caso de saúde psíquica mas, também, política.



É o que faz a psicanalista e filósofa francesa Cynthia Fleury neste livro elucidativo e libertador, ao apresentar um panorama das diversas leituras feitas sobre a amargura e sua ruminação ao longo dos tempos, buscando encontrar os antídotos contra esse envenenamento que atinge diferentes âmbitos da vida privada e pública.
Tanto os indivíduos quanto o Estado de Direito estão, portanto, diante do mesmo desafio: identificar e diagnosticar o ressentimento e sua força sombria, e resistir à tentação de transformá-lo no propulsor de nossas histórias individuais e coletivas. Para isso, Cynthia Fleury nos aponta caminhos de sublimação, criação e cura.



“O ressentimento é uma praga emocional e uma das mais perversas ameaças à democracia contemporânea.”


Sobre os autores(as)

Kehl, Maria Rita

Maria Rita Kehl é brasileira, nascida em Campinas (SP). Foi jornalista entre 1974 e 1981, tendo publicado artigos em diversos jornais e revistas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Editou a seção de cultura nos jornais Movimento e Em Tempo, periódicos de oposição à ditadura militar. Doutora em psicanálise pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), atua desde 1981 como psicanalista em clínica de adultos em São Paulo e, desde 2006, na Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em Guararema (SP). Em 2010 recebeu o prêmio Jabuti de melhor livro do ano de não ficção com O tempo e o cão (Boitempo). Integrou a Comissão Nacional da Verdade.

Fleury, Cynthia

CYNTHIA FLEURY é psicanalista e filósofa. É professora titular da cadeira de Humanidades e Saúde no Conservatoire national des Arts et Métiers, professora titular no GHU Paris – Psiquiatria e Neurociências, Grupo Hospitalar Universitário que é o principal centro de cuidado e pesquisas sobre doenças psiquiátricas e do sistema nervoso da França, e professora associada da École des Mines de Paris. É também autora de importantes obras que tratam do cruzamento entre a filosofia, a psicanálise e a política, a exemplo dos títulos: "Les pathologies de la démocratie", "Les irremplaçables" e "Le soin est un humanisme", estes últimos publicados pela Gallimard. Curar o ressentimento foi lançado na França pela mesma editora em 2020, chegando à lista dos mais vendidos do ano.
ISBN 9786584515406
Autores Fleury, Cynthia (Autor) ; P. Duchiade, Milena (Tradutor) ; Kehl, Maria Rita (Comentarista)
Editora Bazar Do Tempo
Idioma Português
Edição 1
Ano de edição 2023
Páginas 232
Acabamento Brochura
Dimensões 23,00 X 15,50
R$ 78,00
ou R$ 74,10 via Pix
Comprar Estoque: 10 dias úteis
Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

LIDF LIVRARIA INTERNACIONAL DO DISTRITO FEDERAL - CNPJ: 19.294.574/0001-48 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade